Universitário  Universitário Mobile  Mobile Notícias 


Dicas para o ENEMGuia Guia do ENEMO que é o Sisutec?

Observação: as informações abaixo referem-se ao processo seletivo do 2º semestre de 2014.

O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) é o sistema informatizado, gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), no qual instituições públicas e privadas de ensino superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos na forma subsequente para candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).


Quem pode participar

Pode fazer a inscrição no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) 2/2014, o estudante que participou do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2013 e obteve nota superior a zero na redação. É necessário informar o número de inscrição e a senha usados no ENEM de 2013. Lembramos que o número de inscrição e a senha de outras edições do exame não são aceitos.


Qual a diferença entre SiSU e o Sisutec?

Apesar de usar uma plataforma igual à do Sistema de Seleção Unificada, o Sisutec oferece vagas em cursos diferentes. Enquanto no SiSU as vagas são para cursos de bacharelado e licenciatura e cursos técnicos de nível superior, no Sisutec os cursos são todos técnicos e de nível médio, com entre 800 e 1.200 horas de duração.


Que tipos de curso técnico são oferecidos pelo Sisutec?

Há três tipos de curso técnico de nível médio: o integrado, que o estudante de ensino médio faz junto com o currículo regular, o concomitante, feito no contraturno do ensino regular, e o subsequente, destinado a pessoas que já terminaram o ensino médio. No Sisutec, só são oferecidas vagas para os cursos do tipo subsequente.


Quais os requisitos para participar do Sisutec?

Para participar do Sisutec em 2014 é preciso ter o ensino médio completo e ter feito o ENEM de 2013. A nota da redação do ENEM não pode ter sido zero. Dependendo da instituição e do curso, é possível que haja mais requisitos específicos, como nota mínima em uma ou mais provas objetivas do ENEM.


Quem fez o ENEM em outros anos, mas não em 2013, pode participar da edição 2014?

Não, para a edição 2014 do Sisutec não é possível usar a nota de edições do ENEM anteriores a 2013.


Como é o processo de seleção?

Cada candidato, no ato da inscrição, pode escolher até duas opções de curso. Os candidatos serão escolhidos de acordo com a ordem decrescente de sua nota no ENEM, segundo as regras de reserva de vagas.


O que será feito com as vagas remanescentes so Sisutec?

Após o período de matrículas da segunda chamada, as vagas que anda estiverem em aberto serão oferecidas pelo site do Pronatec e preenchidas sem o processo seletivo baseado na nota do ENEM.


Como funciona o sistema de cotas?

A seleção adotará cotas de acordo com raça, renda familiar e rede frequentada no ensino médio.

a) 85% das vagas serão destinadas aos estudantes que, independentemente de renda per capita familiar, tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas, na condição de bolsista integral;

b) aos estudantes oriundos de famílias com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio per capita, que tenham cursado o ensino médio completo em escolas públicas ou em instituições privadas, na condição de bolsista integral, serão reservados 50% das vagas das instituições da rede federal, nos termos da Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012;

c) aos autodeclarados pretos, pardos e indígenas, interessados em cursos de Instituições Federais de Ensino, que tenham renda familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio, per capita, e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escola pública, ou que tenham sido bolsista integral em escolas privadas, será reservado o percentual, por curso e turno, correspondente aos dados populacionais mais recentes, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, referentes à Unidade Federativa em que se encontra a Instituição ofertante, nos termos da Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012;

d) aos autodeclarados pretos, pardos e indígenas, interessados em cursos de Instituições Federais de Ensino, independentemente da renda familiar per capita, e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escola pública, ou que tenham sido bolsista integral em escolas privadas, será reservado o percentual, por curso e turno, correspondente aos dados populacionais mais recentes, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, referentes à Unidade Federativa em que se encontra a Instituição ofertante, nos termos da Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012.

Compartilhar